sábado, 4 de setembro de 2010

Tratamento diferenciado.

Estamos de tal forma habituados com os desmandos políticos, que alguns nos passam despercebidos.

Há cerca de 2 anos, os comerciantes de Franca foram obrigados a retirar todo e qualquer objeto que obstruísse ou dificultasse a passagem de pedestres pelas calçadas e canteiros centrais.


No início, acredito eu, que o projeto visava a legalização de inúmeros comerciantes clandestinos, mas acabou punindo também os que, apesar de legalizados, usavam o espaço público com mesas ou propagandas.

Nessa época, a prefeitura começou uma verdadeira caça as bruxas em busca dos comerciantes que divulgavam seus produtos através de cavaletes expostos em calçadas.

Há visão de um fiscal da prefeitura em companhia de uma viatura da Guarda Civil Municipal, fechando os cavaletes e avisando que em caso de reincidência as placas seriam recolhidas e os estabelecimentos multados, se tornou comum.

Agora para minha surpresa, o uso de cavaletes para a propaganda eleitoral é liberado.


Assim, os grandes responsáveis por geração de empregos, riquezas e que pagam um absurdo de impostos, são proibidos, para não prejudicar o trânsito de pedestres, de usarem cavaletes contendo propaganda. Já os políticos, que em sua grande maioria, não contribuem com nada para o desenvolvimento do país, espalham por toda cidade seus "obstáculos" de conteúdo político.

Um comentário:

  1. entaum os politicos podem tudo, e todos são iguais perante a lei =-/

    ResponderExcluir