segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Lula, o SUS e a hipocrisia de sempre.


Surgiu, na intenet, o movimento dos revoltados contra as cobranças feitas em razão das falácias ditas pelo ex-presidente Lula enquanto ainda presidente. Inúmeras pessoas, nas redes sociais e alguns "jornalistas ", consideram essas uma ofensa a todos os doentes e familiares, acometidos pela mesma doença diagnosticada no ex-presidente do país.

Já li absurdos como: "a mãe deles não estão doentes", "é uma falta de respeito com todos os doentes", "só quem já teve a doença na família sabe o drama", entre outras bem piores. Onde estava a mesma indignação quando o presidente, que acostumou a dizer "nunca antes na história desse país", fez este discurso - onde se ouve os risos ao fundo: 

video

Na ocasião de tal discurso, quantos morriam em corredores de hospitais, maternidades que depois viriam a serem interditadas, ambulâncias que percorriam hospitais que não disponibilizaram leito para o enfermo que era socorrido etc.?

Será que essas vítimas, e seus familiares, de políticos que desviam nosso dinheiro acharam graça, como fez a platéia, sempre sorridente, do ex-presidente?

Tais famílias não mereciam respeito de uma população que nunca se indignou com as falácias de quem estava no poder? Fazendo muitos acreditarem que o país é um paraíso em saúde, segurança, bem estar etc. que só os contribuintes não enxergam isso?

Aos que pedem orações ao ex-presidente, quantos rezaram ou fizeram campanha para orações em prol dos inúmeros que eram mostrados, e são, em matérias diárias dos noticiários?

O ex-presidente não respeitou os doentes, quando governou o país e ele tinha a obrigação de fazer bem mais que apenas respeitar e ou orar por eles.

Agora os que, assim como eu, sempre criticaram o ex-presidente, não tenham pena, não peçam orações, enfim, não sejam hipócritas. As evidências que ele deixou, corrupção ou omissão, são muito graves para um perdão. 

Levem em consideração o seguinte: todas as pessoas morrem, seja por doenças, acidentes etc., portanto devemos ao acusarmos, ofendermos, brigarmos, ou seja, falar o que pensamos de alguém devemos sempre ter em mente que podemos nunca mais voltar a ver tal pessoa. Por isso não seja hipócrita com um doente, ele poderia ter morrido sem tempo de ver sua "piedade".


A razão dos dentistas recomendarem Sensodyne

Vamos descontrair um pouquinho...

video

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O novo Minístro dos Esportes.


Aldo Rebelo é o novo Ministro dos Esportes, olha o histórico do rapaz, se o antigo deveria ter perdido o cargo na época das tapiocas, qual o sentido de nomear uma pessoa que assumiu isso:



video

“Ela disse que eu fraudei o relatório. Quem fraudou o contrabando de madeira foi o marido dela, ( Fábio Vaz de Lima), disse Aldo Rebelo.

E disse mais: "como ministro da Coordenação Política do governo, atuei para que ele não tivesse de depor na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara".

O Brasil está tão acostumado com crimes praticados por políticos que Aldo Rebelo confessa em plena Câmara dos Deputados.

Melô do Congresso.


Uma musiquinha bem atual, sobre o nosso Congresso Nacional:

video

*Agradecimentos à Eliana Martins que me enviou o vídeo por e-mail.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ser honesto não é qualidade é obrigação.


Uma das primeiras lições que aprendi com meus pais: não se deve pegar nada que pertença a outra pessoa.

Quando fui começar no meu primeiro emprego, minha mãe fez questão de reforçar o ensinamento: "nunca pegue dinheiro que não seja seu, quem hoje pega 1, amanhã não verá problemas em pegar 100."

Infelizmente, ensinamentos tão simples como esses não são levados a sério no Brasil.

Foi assim quando o deputado, futuro e agora ex-ministro do turismo, Pedro Novais, foi flagrado pagando uma conta de motel com dinheiro público. E saber que ao argumentar isso em sala de aula um professor me censurou alegando tratar de preconceito meu pela idade do político - colocando o desvio do dinheiro como simples detalhe. 

E mais recentemente temos as acusações envolvendo, o ainda Ministro dos Esportes, Orlando Silva. Para quem não se lembra, o mesmo foi pego pagando tapiocas com o cartão corporativo, alegou se tratar de um simples mal entendido e tudo ficou por isso mesmo. 

Quem nomeou os dois, provavelmente, não conhecia a lição que aprendi desde bem novinho com meus pais.

domingo, 23 de outubro de 2011

Abertas as inscrições para o Programa Conhecendo o STJ


O Superior Tribunal de Justiça abriu inscrições para a quinta edição do Programa de Visitação Técnica “Conhecendo o STJ”, que oferece a estudantes de direito de todo o Brasil a oportunidade de adquirir conhecimentos teóricos e práticos sobre a estrutura e o funcionamento do Tribunal. A iniciativa busca promover a complementação do ensino e o aperfeiçoamento profissional dos participantes.

O programa é realizado em duas edições anuais, nos meses de fevereiro e agosto, oferecendo 30 vagas em cada período. Podem participar estudantes que estejam cursando no mínimo o quinto semestre letivo, regularmente matriculados em instituições públicas ou privadas de ensino superior reconhecidas pelo Ministério da Educação.

A quinta edição se realiza nos dias 6 a 10 de fevereiro de 2012. A corrida pelas vagas é acirrada e as inscrições devem ser feitas por meio do site do STJ na internet, entre os dias 24 e 28 de outubro. Os candidatos fazem inscrições individuais e são classificados, dentro de cada unidade da federação, por semestre, ordem de inscrição e idade.

Será disponibilizada uma vaga para cada unidade da federação, mas serão oferecidas duas vagas para as três unidades com maior número de inscritos.

O critério adotado para preencher as vagas do programa, em cada unidade da federação, será o semestre em que o candidato estiver matriculado, ou seja, quanto mais próximo do fim do curso o estudante estiver, melhor será sua classificação.

Caso haja empate entre os candidatos, terá preferência o estudante que tiver se inscrito primeiro, conforme registro no banco de dados do sistema eletrônico de inscrições; persistindo o empate, será classificado o mais idoso.

Clique aqui para conferir o regulamento e realizar a sua inscrição.

Para obter mais informações, clique aqui.
.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

26/10- Dia do julgamento sobre a insconstitucionalidade, ou não, do exame da OAB.


Está agendado para o dia 26/10/2011, no STF, o julgamento do pedido de inconstitucionalidade do Exame da Ordem, data mais que aguardada pelos membros do "Movimento Nacional dos Bacharéis em Direito" - sim isso existe, confira o site: MNBD.

TEMA DO PROCESSO

1. TEMA.

1. Trata-se de recurso extraordinário interposto com base no art. 102, III, alínea “a”, da CF, em face de decisão do TRF da 4ª Região que rejeitou a alegação de inconstitucionalidade do art. 8º, § 1º, da Lei nº 8.906/1994 e dos Provimentos nº 81/1996 e 109/2005 do Conselho Federal da OAB, os quais dispõem sobre a exigência de prévia aprovação no exame de ordem como requisito para a inscrição do bacharel em direito nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil.

2. Alega o recorrente, em síntese, ofensa aos artigos 1º, incisos II, III e IV, 3º, incisos I, II, III e IV, 5º, incisos II e XIII, 84, inciso IV, 170, 193, 205, 207, 209, inciso II, e 214, incisos IV e V, da Constituição Federal. Inicialmente, afirma não haver pronunciamento do STF quanto à constitucionalidade do Exame de Ordem. Sustenta, em síntese: 1) caber apenas às instituições de ensino superior certificar se o bacharel é apto para exercer as profissões da área jurídica; 2) que a sujeição dos bacharéis ao referido exame, viola o direito à vida e aos princípios da dignidade da pessoa humana, da igualdade, do livre exercício das profissões, da presunção de inocência, do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa, bem assim que representa censura prévia ao exercício profissional.

3. A União apresentou contrarrazões em que sustenta a sua ilegitimidade passiva e, quanto ao mérito, que a norma constitucional invocada como violada possui eficácia contida, limitada por lei ordinária materialmente e formalmente constitucional, não havendo qualquer incompatibilidade entre os atos atacados e a Constituição Federal. O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por sua vez, também apresentou contrarrazões em sustenta a inocorrência de contrariedade à Constituição, devendo ser mantidas as decisões recorridas.

4. O Tribunal reconheceu a existência da repercussão geral da questão constitucional suscitada.

.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

OAB divulga calendário sobre Exame de Ordem até 2013 para auxiliar candidatos

Embora muitos estejam acreditando que o STF julgará inconstitucional a prova da Ordem, portanto acreditam que a mesma será extinta - o que na minha opinião acabaria com a profissão de advogado - a OAB acredita que não, como demonstra a notícia a seguir.

Fonte: JusBrasil

"O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou na última sexta-feira (14 de outubro) um calendário indicativo completo sobre as próximas edições do Exame de Ordem Unificado. O calendário contém todas as datas dos processos (publicação de edital de abertura, período de inscrição, prova objetiva e prova prático-profissional), de agora até o final da gestão da atual Diretoria da entidade, em fevereiro de 2013. O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, ao divulgar o calendário hoje, destacou em comunicado a sua importância - "para aperfeiçoar cada vez mais o Exame, possibilitar que os candidatos se programem e possam estabelecer toda uma estratégia de estudos, enfim, possam fazer a sua pauta atendendo a seus interesses pessoais profissionais, preparando-se para a realização das provas".

Ainda segundo Ophir Cavalcante, ao decidir publicar o calendário completo das provas do Exame de Ordem até o final de sua gestão - pré-aprovado pela Coordenação Nacional do Exame de Ordem - "a atual diretoria da OAB pretende com isso dar mais um passo no sentido do aperfeiçoamento do Exame, da profissionalização do Exame, permitindo que os examinandos possam assim melhor planejar e organizar sua vida". Ele completou: "E tenho certeza de que essa iniciativa será muito bem recebida pela sociedade de um modo geral, mas, sobretudo, pelos candidatos".

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Violência nas escolas. Os verdadeiros culpados.

Há algum tempo escrevi sobre a violência nas escolas, disse que quando os jornais as divulgam e a população fica chocada, não passa de algo que já era esperado pelos funcionários da instituição onde ocorreu o fato.

Afinal o aluno/agressor já tem um histórico de violências e de proteção por parte da direção, está que não quer ver sua escola no noticiário prefere esconder a realidade ao invés de chamar a polícia e se prevenir de um mal maior.

Quando expliquei e escrevi isso, eu adiantava justamente a notícia que saiu no jornal local e reproduzo a seguir, pois conheço o agressor, a direção e uma das vítimas. E já adianto outro acontecimento, a vítima da agressão será mais humilhada na escola, pela direção, que o agressor.

"Um estudante de 13 anos agrediu com um soco uma agente de serviço escolar de 47 anos e empurrou um inspetor de alunos de 32 anos. Os funcionários da escola localizada no Parque do Horto alegaram que o menor é indisciplinado, não respeita ninguém. Ainda segundo eles, o menino já teria cometido outras infrações, mas a direção da escola nunca permitiu a presença da polícia no local. Os dois funcionários registram os fatos."

Enquanto não houver punição aos responsáveis pela escola, como cúmplices, as notícias envolvendo o ambiente escolar tendem somente a piorar.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Dicas para Postura em Redes Sociais (independente do tipo de acesso)



  • Cadastrar-se nas redes sociais em nome próprio, evitando gerar vínculo direto à empresa em que trabalha;
  • Publicar opiniões baseadas nos princípios da boa-fé e em conformidade legal apenas em nome próprio, evitando associar qualquer tipo de opinião pessoal à marca da empresa em que trabalha;
  • Evitar exposição excessiva de vida íntima, evitar comentar rotinas do seu dia a dia que podem gerar algum risco de segurança, tais como horários, trajetos, agendas, local de residência;
  • Somente utilizar conteúdos que tenham legitimidade ou dos quais seja autor ou que tenha recebido autorização das demais partes envolvidas previamente;
  • Realizar backups preventivos para evitar a perda de todo o seu conteúdo em situação de apagão digital;
  • Orientar filhos e/ou familiares sobre o uso ético, seguro e legal das redes sociais, inclusive sobre a necessidade de cautela e proteção das informações da família, para evitar vazamento de informações financeiras, relacionadas a conta bancária, cartão de crédito, senhas, remuneração, patrimônio;
  • Somente publicar informações corporativas classificadas como públicas, que tenha certeza de que podem ser expostas de forma aberta na internet, evitar falar de rotina de trabalho e zelar pelo sigilo profissional;
  • Somente associar a marca da empresa quando estiver participando do canal oficial dela estabelecido nas redes sociais e evitar publicação de conteúdos ou opiniões não condizentes com seu cargo ou função. As respostas a terceiros, como consumidores, devem ser dadas apenas pela área competente;
  • Utilizar linguagem e vocabulários adequados, de modo a evitar qualquer tipo de opinião que possa ser considerada ambígua, subjetiva, agressiva, hostil, discriminatória, vexatória, ridicularizante ou que de algum modo possa ferir a imagem da empresa de seus colaboradores, parceiros, fornecedores e clientes, evitar o uso de apelidos para fazer menção a demais colaboradores;
  • Zelar pela proteção da sua reputação e da empresa e informar à área competente qualquer situação ou informação que identificar como relacionada à empresa.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Steve Jobs - discursando para uma turma de formandos.


A morte de Steve Jobs fez com que eu recebesse o vídeo que faço questão de disponibilizar aqui. É um discurso de pouco menos de 15 minutos que vale a pena a todos assistirem.

video

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Promotor agride advogado durante julgamento em São Paulo [2]

Já havia postado a notícia aqui, agora encontrei na internet o vídeo.

Logo após os 6 minutos do vídeo, olha a situação, e a expressão, do acusado de homicídio.

video

sábado, 1 de outubro de 2011

O momento certo do prefeito de Franca mostrar o quanto é um ótimo administrador.


Interessante o poder de se aumentar o próprio salário, pena que nem todos, a grande maioria, não o possui.


Chegou o momento do prefeito de Franca confirmar o que seus eleitores sempre dizem quando o defendem: "É um ótimo administrador".

Eu e outras pessoas do meu convívio sempre defendemos o prefeito, Sidney Franca da Rocha, lembrando que as cobranças, que muitos dizer conter excessos, não passa de atitudes necessárias para que as pessoas remuneradas pelo município desempenhem bem seu trabalho.

Com o aumento, IMORAL, que a câmara dos vereadores aprovou para prefeitos, secretários e vereadores é o momento perfeito para o prefeito, usando o seu poder de veto, mostre como se administra de verdade o dinheiro público.

O prefeito sabe que não pode compactuar com tal aumento, já pensou se proporcionasse um aumento, absurdo e sem critérios, como esse em sua empresa particular? Com certeza não teria se tornado o empresário de sucesso que é hoje. 

Espero que o prefeito não decepcione seus eleitores, assim como fez a maioria dos vereadores. Só lembrando que alguns vereadores não tiveram, se quer, coragem para assumir seu voto e assim usaram da abstenção.

Lembrar dessa votação na próxima eleição municipal

Professor de direito mata aluna a tiros e deixa o corpo na delegacia


Fonte: Correio Braziliense

aluna e professor
Uma estudante do 7º semestre de direito do UniCeub foi morta nesta sexta (30/9) com dois tiros na cabeça e um no tórax, disparados por um professor do mesmo curso do centro universitário. Suênia Sousa Faria, 24 anos, foi abordada pelo professor Rendrik Vieira Rodrigues, 35, por volta das 13h30, quando saía da faculdade, na Asa Norte.

Suênia foi aluna de Rendrik. Segundo o delegado-chefe Alexandre Nogueira, ela era casada e se envolveu com o professor por um período de três meses, quando estava separada do marido. Há dois meses, a universitária reatou o casamento. Sem aceitar o término do relacionamento, Rendrik passou a persegui-la na faculdade. De acordo com os investigadores da 27ª DP, o professor de direito a ameaçava de morte desde o rompimento.

Após entrar no carro de Suênia Faria, Rendrik saiu com a jovem e atirou contra ela. Depois de rodar por horas com o corpo dentro do veículo da vítima, um Sandero, Rendrik seguiu até a 27ª Delegacia de Polícia, no Recanto das Emas, e se entregou à polícia. Ele será encaminhado à Delegacia de Polícia Especializada (DPE) após prestar depoimento.

Uma colega da estudante também contou sua versão na delegacia. Segundo a moça, que preferiu não se identificar, ela pegaria carona com Suênia quando o professor apareceu. "Ele pediu licença e disse que queria conversar com ela. Eu saí e voltei para a faculdade", contou. A bolsa da amiga ficou dentro do carro da vítima e quando voltou ao estacionamento, os dois haviam saído. Segundo ela, eles pareciam "normais".

De acordo com o delegado-chefe, Suênia foi levada da faculdade e teria sido assassinada entre a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e a Estrutural. "O crime pode ter sido cometido com o carro em movimento", contou o titular. A arma utilizada por Rendrik foi uma pistola .380, que foi jogada fora.

Ao delegado, o marido contou que recebeu uma ligação da esposa pouco antes do crime. "Segundo ele, Suênia telefonou dizendo que voltaria a ficar com o professor e que passaria em casa para buscar as roupas", disse Nogueira. Desconfiado, o marido foi até a delegacia registrar uma ocorrência.