sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Politicamente correto.

Interessante o tratamento "politicamente correto" que estão dispensando as novas gerações. Isso no mesmo instante em que as crianças exigem serem tratadas como adultas cada vez mais cedo.

Até as singelas cantigas populares receberam versões, ridículas, com a desculpa de coibir a violência existente nas originais. Como se "careta", "atirar o pau no gato", entre outras coisas fosse transformar uma criança em assassino de animais.

Agora o CONAR (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) pediu a suspensão do comercial do brinquedo 'Roma Tático Móvel', alegando que induz as crianças à violência.

Os noticiários, graças a falta de um política de segurança pública séria, nos brindam com muito mais violência, essa real, diariamente. O filme publicitário proibido é o seguinte:


video

Antigamente criança:
Cantava "atirei o pau no gato" e respeitava os animais;

Brincava de "polícia e ladrão" e sabia que aquio era uma simples brincadeira;

Assistia comerciais dos "Comandos em Ação" com o discernimento que se tratava de um brinquedo legal;

Entre outras coisas que as crianças sempre souberam, pois eram educadas assim, tratar apenas de brincadeiras.

Agora com a desculpe de proteger as crianças, não as educam. E quando elas se depararem com o mundo real, não terão o escudo protetor que não os deixaram ver o quanto o mundo é complicado e como foram mimadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário